Toledo, terça-feira, 29 de setembro de 2020 ESCOLHA SUA CIDADE

Região

09/09/2020

Setembro dourado: 45 novos casos de câncer infantojuvenil foram diagnosticados no início do ano até agosto na Uopeccan

Setembro dourado: 45 novos casos de câncer infantojuvenil foram diagnosticados no início do ano até agosto na Uopeccan

O Setembro Dourado é um mês destinado para conscientizar sobre o câncer infantojuvenil, alertando pais, educadores e sociedade em geral sobre a importância de se atentar aos sinais e sintomas. Muitas vezes são inespecíficos como, mal-estar generalizado, anemia, dor de cabeça, vômitos, dor nas juntas ou nos ossos, febre e aumento de ínguas. Os três tipos de câncer mais comuns entre crianças e jovens são as leucemias, tumores no Sistema Nervoso Central (SNC) e os linfomas.

O Hospital do Câncer Uopeccan de Cascavel registrou 45 novos casos de câncer infantojuvenil desde início do ano até o mês passado. Com a pandemia houve um aumento de crianças chegando com o diagnóstico tardio da doença, se comparada com os anos anteriores. “Infelizmente essa demora na suspeita da doença e encaminhamento ao centro de referência, traz aspectos negativos em relação ao prognóstico desses pacientes, reduzindo a possibilidade de cura”, esclarece a oncologista pediátrica, Carmem Maria Costa Mendonça Fiori.

A médica ainda orienta que os pais devem ficar atentos qualquer anormalidade levar seus filhos ao pediatra para avaliação. Na maioria das vezes, os sintomas iniciais podem ser semelhantes aos relacionados a doenças comuns na infância, mas isto não deve ser motivo para descartar a visita ao médico.  “A criança deve ser reavaliada pelo pediatra para ser feito uma avaliação clínica mais detalhada e exames para esclarecimento do diagnóstico. Caso houver suspeita de câncer é necessário solicitar uma avaliação especializada com hematologista e/ou oncologista pediátrica”.

Diante de Pandemias, devemos lembrar que o câncer infantojuvenil continua existindo, não temos como prevenir, e o que podemos fazer é estar sempre ALERTA, pois o diagnóstico precoce aumentará a chance de cura desses pacientes.

 

PUBLICIDADE

Fonte: TOLEDO | CIDADE PORTAL | UOPECCAN

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados. Jornalista Responsável - Jairo Tomazelli - 11632/PR - Welinton Tomazelli 11636/PR

Desenvolvido por Cidade Portal