Toledo, sexta-feira, 30 de outubro de 2020 ESCOLHA SUA CIDADE

Toledo

18/12/2019

Títulos de Cidadania Honorária e Medalha Willy Barth são entregues pela Prefeitura e Câmara Municipal

Títulos de Cidadania Honorária e Medalha Willy Barth são entregues pela Prefeitura e Câmara Municipal

Em solenidade realizada no último final de semana, a Prefeitura de Toledo e a Câmara Municipal de Vereadores, realizaram a outorga do título de Cidadania Honorária e Medalha Willy Barth. O momento é uma realização da Câmara Municipal e faz parte das comemorações do aniversário do município, que chegou aos 67 anos, no último sábado, 14. O evento contou com a presença de autoridades de ambos poderes, executivo e legislativo, familiares, dentre outros da comunidade em geral.

As honrarias são as principais homenagens concedidas pelo Poder Público toledano, cujo objetivo é destacar pessoas que realizaram ao longo de sua vida pessoal, política ou profissional, o auxílio ao desenvolvimento da cidade, ou que prestaram fomento à democracia. A sessão solene é uma forma valorosa de homenagear publicamente aqueles que contribuíram com o desenvolvimento do município.

Para a edição deste ano foram homenageados com a Medalha Willy Barth, Ademir José Fiametti e Lucas Lóh. Já a indicação do título de Cidadania Honorária foi entregue  a Maria Azambuja Patiño Cruzatti e Arnulfo Engel. 

Na ocasião, o Prefeito Lucio de Marchi, destacou que todas as homenagens foram destinadas a pessoas merecedoras. “Todos que estão recebendo a medalha Willy Barth e o título de Cidadania Horária este ano são merecedores por conta dos seus feitos realizados durante sua vida. Muito esforço e dedicação que resultaram na ajuda do desenvolvimento de Toledo. Assim como o Lucas Lóh, que é um espelho para a nova geração de atletas. Todos devem ser lembrados”. 

Homenageados de 2019

Ademir José Fiametti é natural de Concórdia - SC, onde nasceu em 1956 como o mais novo de cinco irmãos. Formou-se em pedagogia pela apec (1980), com especialidade em gestão de pessoas pela Unioeste (1991). 

Seu pai era agricultor e se mudou para Toledo em 1966, passando a residir na Vila Industrial. Com 14 anos de idade ingressou na Sadia como ajudante de eletricista e aos 15 foi mandado ao SENAI de Curitiba para estudar. Após três anos formou-se eletricista, retornando a Toledo, trabalhou por um período na Sadia. 

Em 1976, prestou concurso para instrutor do Senai e ingressou como funcionário, trabalhando por algum tempo em Curitiba, transferindo-se depois para Cascavel. 

Em 1979, casou-se com Ivanilda Rodrigues dos Santos Fiametti, constituindo uma família da qual tem três filhos. Em 1986 veio para toledo, onde assumiu a direção da escola de formação do Senai, e permaneceu na direção por 31 anos, se aposentando em 2017 após mais de 40 anos de serviços prestados à instituição. 

Ao comemorar 30 anos a unidade do SENAI de Toledo contabilizava a formação de aproximadamente 140 mil alunos. Atualmente Ademir Fiametti mora com a esposa, no interior de Toledo, em Linha Mandarina.

Lucas Lóh, nascido em Toledo, no dia 18 de janeiro de 1991 Lucas teve seu primeiro contato com a modalidade do Voleibol logo cedo aos 7 anos, no Colégio La Salle, seguindo tradição familiar com o esporte. 

Deu seus primeiros passos na escolinha comandada pela professora Sandra Meira. Aos 16 anos ingressou na equipe da Prefeitura Municipal de Toledo no Ginásio de Esportes Hugo Zeni no ano de 2007, com o técnico Walter Isernhagen. 

Jogou por um ano representando Toledo e nesse mesmo ano foi para São Bernardo do Campo em São Paulo realizar testes para entrar na tradicional equipe de vôlei do Banespa. Entre 400 jovens Lucas conquistou uma vaga no time paulista na categoria infanto-juvenil. 

No ano de 2008 conquistou o campeonato Paulista em sua categoria, e revelou-se pela Seleção Paranaense sendo campeão do Campeonato Brasileiro de Seleções, culminando em sua primeira convocação para a seleção Brasileira na categoria infanto-juvenil. 

Suas convocações para as categorias de base da Seleção se estenderam de 2008 a 2013. Tendo como seu melhor resultado a conquista do Campeonato Mundial sub 23, realizado em Uberlândia, Minas Gerais.

Em São Bernardo ainda Lucas integrou-se pela primeira vez a equipe adulta do time ainda aos 18 anos, onde disputou sua primeira Superliga ao lado de grandes nomes do voleibol. 

No ano de 2010 foi contratado pela equipe Sada Cruzeiro em Belo Horizonte onde disputou competições pela categoria Juvenil e Adulta, onde chegou em dois anos consecutivos a final da Superliga, tornando-se vice-campeão em 2011 e campeão em 2012. 

Na temporada seguinte Lucas Lóh transfere-se para a equipe Vivo Minas onde atuou nos anos de 2013 e 2014. Em 2013, recebeu pela primeira vez a convocação para a Seleção Adulta Brasileira, onde disputou a Copa Pan-Americana na Cidade do México e Copa dos Campeões, em Tóquio no Japão, conquistando a primeira colocação em ambos campeonatos. 

Seguiu integrando a seleção principal do país até o presente ano, sendo medalhista em várias competições como Sul-americano, Liga Mundial, Campeonato Mundial e Jogos Pan-americanos. Em 2015, Lucas Lóh teve sua primeira temporada fora do país, onde defendeu o time Zaksa, da Polônia. 

Conquistou a terceira colocação no campeonato Europeu de clubes. Na temporada seguinte foi repatriado pela equipe Brasil Kirin Campinas, em seguida defendeu o time Funvic Taubaté, sendo vice-campeão em ambas temporadas. 

Em 2017, transferiu-se para a Turquia, jogando pelo time Halkbank conquistou a copa Turca e o Campeonato turco. Após essa passagem pela Turquia, Lucas Lóh voltou para o Brasil, defendendo a equipe do SESI São Paulo, time onde conquistou o prêmio individual de melhor ponteiro da Superliga na sua última edição e joga atualmente.

Em seus 28 anos, Lucas já tem vários Títulos: Bronze Lima 2019; Prata Itália/Bulgária 2018; Prata Florença 2014; Prata Curitiba 2017; Copa dos Campeões Ouro Japão 2013; Copa Pan-Americana Ouro Cidade do México 2013; Campeonato Sul-Americano; Ouro Maceió 2015;  Campeonato Mundial Sub-23 Ouro; Uberlândia 2013; Competidor do Minas Campeonato Sul-Americano Prata Belo Horizonte 2013; Bronze Belo Horizonte 2014.

Maria Azambuja Patiño Cruzatti, moradora da região desde 1965, teve seis filhos, 13 netos e 1 bisneto, casada com Federico Patiño Cruzatti. Natural de São Luiz Gonzaga - RS, filha de João Patrício de Azambuja e Bernardina Brandão Azambuja. 

Gaúcha de São Luiz Gonzaga - RS, formada em Filosofia pela PUC de Curitiba, em sua trajetória profissional trabalhou na FUNET (1975-1978), UNIOESTE (1981-2001), FASUL (2003), e na Secretaria de Cultura no município (1976-1982). Palestrante em escolas de Toledo e Guaíra e no Rotary Club. 

Com pós-graduação em Administração Hospitalar, Metodologia de Ensino Superior, Psicologia Empresarial, Estratégia da Política e Segurança Nacional e Desenvolvimento Gerencial. 

Chefiou o Departamento de Letras da Unioeste, além de ser coordenadora de Estágios nos Cursos de Filosofia e Secretariado Executivo Bilíngue da Unioeste, presidiu a Associação dos Professores Universitários, professora do Curso de Pós-Graduação em Desenvolvimento Gerencial, responsável e coordenadora do Concurso de Contos “Paulo Leminski”.  

Também coordenou o Projeto de Alfabetização para Adultos, foi membro da Associação Latino-Americana de Análise Transacional (ALAAT) (1981), co-fundadora da Associação Toledana de Imprensa (ATI), auxiliar juramentada do Registro de Imóveis de Toledo (1985), foi diretora da Câmara Municipal de Toledo, administradora das Clínicas Dall’Óglio e presidente da Associação Beneficente Costa Oeste. Maria Patiño também teve participação efetiva em diversas entidades e atividades sociais e comunitárias de nossa cidade.

Arnulfo Engel, nasceu em Piritiba - SC, após trabalhar no interior até os 22 anos, veio para Toledo em 1971, fixando residência no Jardim Bressan, onde reside até hoje. Atuou na Frigobrás Sadia de 1971 até 1996, quando se aposentou. 

Casou-se no ano de 1972 com Marlene Engel, é pai de três filhos e avô de quatro netos, tendo o neto mais velho se formado em medicina pela Unioeste.  

Durante todos esses anos, Arnulfo Engel prestou serviços voluntários na comunidade do Jardim Bressan, desde a fundação da igreja católica, construção de colégios, campo de futebol, associação de moradores e ginásio de esportes e até hoje exerce cargos na igreja católica e na associação de moradores. Criou e atuou em uma empresa de transporte rodoviário na qual prestava serviços no transporte de ração, trabalho hoje exercido por seu filho, Jairo Engel.

 

Cidade Portal - O Seu Portal de Notícias!
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Cidade Portal pelo WhatsApp (44) 99979-8991 ou entre em contato pelo (44) 3522-7297

 

PUBLICIDADE

Fonte: TOLEDO | CIDADE PORTAL | PREFEITURA MUNICIPAL DE TOLEDO

Títulos de Cidadania Honorária e Medalha Willy Barth são entregues pela Prefeitura e Câmara Municipal
Títulos de Cidadania Honorária e Medalha Willy Barth são entregues pela Prefeitura e Câmara Municipal
Títulos de Cidadania Honorária e Medalha Willy Barth são entregues pela Prefeitura e Câmara Municipal
Títulos de Cidadania Honorária e Medalha Willy Barth são entregues pela Prefeitura e Câmara Municipal

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados. Jornalista Responsável - Jairo Tomazelli - 11632/PR - Welinton Tomazelli 11636/PR

Desenvolvido por Cidade Portal