Toledo, domingo, 15 de dezembro de 2019 ESCOLHA SUA CIDADE

Toledo

15/11/2019

Rede de Proteção apresenta resultados de monitoramento em Toledo

Rede de Proteção apresenta resultados de monitoramento em Toledo

Uma reunião de trabalho com profissionais dos serviços da Rede Intersetorial de Proteção de Toledo (RIPS), responsável por executar os cuidados e a proteção de crianças e adolescentes que estejam em situação de acolhimento institucional no município, foi realizada na tarde desta terça-feira, 12. O encontro aconteceu no Auditório Acary de Oliveira, anexo a Prefeitura.

O encontro foi para apresentar o diagnóstico do monitoramento iniciado em 2018 por uma equipe de mobilização da RIPS nos serviços que fazem este acolhimento no município. O objetivo do monitoramento foi verificar como está se dando a implantação dos três protocolos que regulamentam cada fase desses atendimentos. 

A Professora do Curso de Serviço Social da Unioeste, Zelimar Soares Bidarra, integra a equipe de mobilização que realizou o diagnóstico e explicou sobre o que se trata cada um dos protocolos. Os documentos foram construídos e definidos entre os anos de 2015 e 2017.

Protocolo 01

O Protocolo um refere-se ao ato de acolhimento institucional. Ele pode se dar mediante uma decisão judicial ou por uma situação de urgência detectada pelo Conselho Tutelar, que toma uma decisão de colocar sobre a situação de cuidados de um Serviço de Estado a criança ou adolescente que esteja diante de alguma violação de direito.

Protocolo 02

O Protocolo dois vai tratar da dinâmica das intervenções profissionais quando precisam realizar o atendimento para essa criança e adolescente que estejam dentro de uma situação de uma Casa Abrigo, por exemplo.

As intervenções profissionais que devem acontecer de modo a proteger essa criança e adolescente a construir uma alternativa de vida ou para poder voltar para sua família de origem.  

“O protocolo dois vai envolver todos os serviços dos municípios que precisam atuar nessa situação para que possamos então dar uma melhor resolutividade para essa problemática na vida de cada criança e adolescente que estiver vivenciando”, complementou Zelimar.

Protocolo 03

O protocolo três trata do desligamento. É quando se dá uma situação de desligamento de uma criança ou de um adolescente da situação de acolhimento institucional, seja por que ela vai voltar para sua família de origem, seja por que ela vai ser colocada numa família extensa ou mesmo para adoção. Este protocolo indica quais devem ser as intervenções de modo a assegurar que esse desligamento possa ser feito com a garantia dos direitos para essa criança ou adolescente. 

A reunião de trabalho realizada nesta terça-feira, 12, foi o primeiro momento onde foram apresentados os resultados obtidos no monitoramento. Segundo a Professora, ao compartilhar os resultados criou-se a oportunidade de pensar alternativas para sanar os problemas que foram detectados, além de construírem juntas o aperfeiçoamento dos protocolos, esse foi o objetivo.

 

Cidade Portal - O Seu Portal de Notícias!
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Cidade Portal pelo WhatsApp (44) 99979-8991 ou entre em contato pelo (44) 3522-7297

 

PUBLICIDADE

Fonte: TOLEDO | CIDADE PORTAL | SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL TOLEDO/PR

Rede de Proteção apresenta resultados de monitoramento em Toledo
Rede de Proteção apresenta resultados de monitoramento em Toledo
Rede de Proteção apresenta resultados de monitoramento em Toledo

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados. Jornalista Responsável - Jairo Tomazelli - 11632/PR - Welinton Tomazelli 11636/PR

Desenvolvido por Cidade Portal