Toledo, domingo, 15 de dezembro de 2019 ESCOLHA SUA CIDADE

Toledo

29/10/2019

Nota de pesar pelo falecimento do ex-prefeito de Toledo Avelino Campagnolo

Nota de pesar pelo falecimento do ex-prefeito de Toledo Avelino Campagnolo

A Prefeitura Municipal de Toledo manifesta o seu mais profundo pesar pelo falecimento do pioneiro, médico e ex-prefeito do Município de Toledo Avelino Campagnolo, 93 anos, ocorrido na noite desta segunda-feira, 28, ás 19h30min. O velório acontece nesta terça-feira, 29, no auditório do Paço Municipal das 6h até as 10h30min, entrada pelo acesso principal do auditório, após o corpo segue para Catedral Cristo Rei.

Avelino teve um papel de destaque na história política e administrativa do município, sendo um homem honrado. Em 1964, Dr. Avelino foi eleito prefeito de Toledo, realizando administração marcada pela implantação de duas novas pequenas usinas hidrelétricas, abertura de estradas no interior, construção de campos de futebol, asfaltamento e extensão de redes de água e luz na cidade e outras conquistas, até hoje lembradas pela comunidade. Foi dele também a iniciativa de implantar a primeira rede de esgotos sanitários da cidade. 

A trajetória do médico, empresário, líder comunitário e ex-prefeito, Dr. Avelino Campagnolo, em Toledo, se confunde com a história do município, do serviço de saúde e do próprio desenvolvimento econômico, social e cultural da cidade e região.

Neste momento de dor, a Prefeitura solidariza-se com seus familiares e amigos pela perda deste grande homem, grata pela dedicação e trabalho prestado pelo Dr. Avelino ao Município de Toledo. Em razão de seu falecimento, será decretado luto oficial por três dias.  

Toledo, 28 de outubro, de 2019.

Histórico 

Dr. Avelino nasceu no distrito de Pinhal, no interior de Concórdia, em Santa Catarina, no dia 30 de maio de 1926, filho de Santo Campagnolo e Santina Broetto Campagnolo, pequenos agricultores, descendentes de imigrantes italianos.

Depois de iniciar os estudos do ensino básico, em 1939, em escolas de Concórdia e Marcelino Ramos, no Rio Grande do Sul, mudou-se para Curitiba, no Paraná, em 1944.

Na propriedade dos pais, foi foguista de locomóvel de serraria e condutor de junta de bois no trabalho da lavoura. Depois, para sobreviver e sustentar os estudos, trabalhou em outras funções urbanas, em diversas empresas.

Foi garçom de hotel, auxiliar de escritório, recenseador e até sócio de mercearia, especialista no comércio de banana, com o que conseguiu ingressar, frequentar e concluir o Curso de Medicina, entre 1951 e 1956, na Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Em 13 de janeiro de 1957, fixou residência na então pequena cidade de Toledo, no Oeste do Paraná, onde construiu história singular de pioneirismo, ousadia, dedicação e comprometimento com os anseios da população.

Para isso, identificou, valorizou e promoveu a expansão das potencialidades da agropecuária e agroindústria do município, motivando agricultores e empresários e trabalhadores urbanos e atraindo investimentos, através do exemplo de sua atuação como médico, empresário, agricultor e homem público.

Ainda nos anos 50, adquiriu da Colonizadora Maripá a então Casa de Saúde Toledo, em prédio de madeira e fundou o Hospital Dr. Campagnolo. Na direção do estabelecimento, trouxe o primeiro aparelho de Raio X da cidade.

Dr. Avelino também implantou o primeiro comércio de medicamentos de Toledo, a Farmácia Santo Antônio, gerenciada inicialmente pelo casal Terezinha e Clorivaldo Fazzano.

Paralelamente, implantou clínicas ou pequenos hospitais, em oito distritos e comunidades do interior, hoje municípios, quando ainda nem se falava na construção de postos de saúde, para o atendimento da população.

Ele atendia pessoalmente em todas as unidades e trouxe para Toledo muitos outros médicos, para auxiliá-lo no esforço para oferecer melhores serviços à população.

Desde que chegou a Toledo, Dr. Avelino atendeu dezenas de pacientes diariamente. Se atendesse apenas 20 pacientes por dia, cinco dias por semana, seriam 400 mensais e cerca de cinco mil anuais, o que significa que já teria oferecido consulta a nada mais, nada menos, do que 285 mil pessoas, mais do dobro da atual população de Toledo.

Invariavelmente foi o plantonista de médicos generalistas do Hospital Dr. Campagnolo em todos os finais de semana e entre os moradores mais antigos, da cidade e interior, possuía muitos clientes fiéis, que não aceitavam atendimento por outros profissionais da Medicina. Muitos dos pacientes eram atendidos gratuitamente, quando não possuem planos de saúde e nem recursos para pagar a consulta.

Sempre solidário, o Dr. Avelino jamais deixou de atender uma pessoa doente por não possuir dinheiro para pagar a consulta, internamento hospitalar e até cirurgias.

Ao longo da história, além da gratidão dos pacientes, chegou a receber como pagamento pelo atendimento, galinhas, porcos, verduras e até um arco e flecha, de família de índios, que residia nas proximidades do Aeroporto Municipal, cujo membro foi salvo pelo Dr. Avelino, numa manhã de domingo.

Tanto que sempre teve cota de atendimento diário e gratuito de  pessoas sem recursos, com problemas de saúde. Quando cobrou pelo atendimento, sempre fixou valores simbólicos.

Da mesma forma, colaborou inúmeras vezes com o Poder Judiciário, Ministério Público e Polícias Civil e Militar, prestando serviços médicos gratuitamente, como na realização de autópsias de cadáveres e atendimento de detentos enfermos, tanto em Toledo, como em outros municípios da região, especialmente Assis Chateaubriand. Realizou também perícias médicas para o Poder Judiciário ao longo de décadas, sem nenhuma remuneração.

Com essa postura solidária e respeito aos semelhantes, cumpriu à risca o juramento da formatura e certamente salvou milhares de preciosas vidas humanos, ao longo das últimas décadas.

Essa dedicação profissional e solidariedade humana inspiraram e motivou a família a seguir seu exemplo e participar do esforço pelo bem-estar físico, mental e emocional da população.

A esposa Inez Luiza sempre o auxiliou na administração do Hospital Dr. Campagnolo desde 1959, quando ambos casaram, e dois filhos, os doutores Sérgio e Orley, também cursaram Medicina.

Dr. Sérgio é casado com a também médica Dra. Maria de Fátima Quirino Campagnolo e ambos atenderam em postos de saúde da Prefeitura, localizados em bairros da cidade, por vários anos. Ela também foi a primeira mulher a presidir a Câmara Municipal de Toledo.

Dr. Orley Álvaro Campagnolo é médico dermatologista, professor universitário e dirigente da Uniprime – Cooperativa de Crédito.

Geraldine Campagnolo é formada em Administração Hospitalar e participa na direção do hospital. Luciano, o mais jovem filho do casal, também exerce função administrativa no hospital Dr. Campagnolo.

Em 1964, Dr. Avelino foi eleito prefeito de Toledo, realizando administração marcada pela implantação de duas novas pequenas usinas hidrelétricas, abertura de estradas no interior, construção de campos de futebol, asfaltamento e extensão de redes de água e luz na cidade e outras conquistas, até hoje lembradas pela comunidade.

Foi dele também a iniciativa de implantar a primeira rede de esgotos sanitários da cidade, que atende a área central até os dias de hoje.

Entre as principais realizações de sua administração também estão a construção de diversas salas de aula em distritos e localidades do interior, a vinda de unidades da Copel e Telepar e aquisição da primeira pedreira,  primeiro rolo compressor e outras máquinas para a Prefeitura.

Também construiu centenas de pontes, caixa d'água da Sanepar, Estádio Municipal, Praça Willy Barth e Destacamento da Polícia Militar. Obteve gerador de energia do Governo do Estado, durante uma das maiores secas que já ocorreram no Paraná e comprou área com dinheiro próprio,  depois restituído pela Prefeitura, para a expansão da unidade da Sadia.

Outro exemplo de sua visão de administrador foi a declaração de utilidade pública da área que atualmente abriga o Parque Ecológico Diva Paim Barth, o principal cartão postal da cidade.

Como líder político, Dr. Avelino ofereceu apoio decisivo a diversos prefeitos de Toledo, colaborando para sua eleição, execução de obras, prestação de serviços públicos e realização de administração bem avaliada pela população.    

Como proprietário das Rádios Guaçu AM de Toledo e Cristalina FM de Nova Santa Rosa, democratizou o noticiário e o acesso da população aos veículos de comunicação, para a veiculação de suas reivindicações, aspirações, realizações, sugestões e reclamações.

Por décadas também apresentou o programa semanal "Tribuna Sem Máscara", na Rádio Guaçu AM, conhecido pela qualidade, profundidade e oportunidade das informações transmitidas e seleção de entrevistados, o que lhe garantia ouvintes fiéis no município e região. 

O trabalho profissional e a atuação cidadã do Dr. Avelino, portanto, fizeram a diferença no processo de desenvolvimento de Toledo e região, através de ações como o acesso ao serviço médico, a abertura de estradas na área rural, apoio ao esporte na cidade e interior, a pavimentação e estruturação urbana, a atração de indústrias, o incentivo à diversificação da produção agrícola e a democratização dos meios de comunicação.

A admiração, prestígio e respeito que consolidou entre autoridades, lideranças, clientes e população, incluindo pessoas mais humildes, através de ações profissionais e iniciativas comunitárias e solidárias, ao longo de mais de 60 anos, comprovam essa trajetória exemplar para a categoria médica, a classe política, o empresariado e toda a sociedade de Toledo e do Oeste do Paraná. 

Como legado aos seus familiares e para a história do município e região, escreveu e publicou a trilogia "O Guerreiro Solitário", volumes I, II e III, além de um livro ainda inédito, a ser publicado, sob o título "Toledo e Região: De um Sonho à Realidade". As obras tiveram a organização de Bruno Marcos Radunz, com o apoio do Dr. Sérgio Avelino Campagnolo e do escritor Luiz Alberto Martins da Costa.

 

Cidade Portal - O Seu Portal de Notícias!
** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Cidade Portal pelo WhatsApp (44) 99979-8991 ou entre em contato pelo (44) 3522-7297

 

Fonte: TOLEDO | CIDADE PORTAL | SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL TOLEDO/PR

Nota de pesar pelo falecimento do ex-prefeito de Toledo Avelino Campagnolo
Nota de pesar pelo falecimento do ex-prefeito de Toledo Avelino Campagnolo

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados. Jornalista Responsável - Jairo Tomazelli - 11632/PR - Welinton Tomazelli 11636/PR

Desenvolvido por Cidade Portal