Toledo, segunda-feira, 09 de dezembro de 2019 ESCOLHA SUA CIDADE

Toledo

14/01/2019

Primeiro LIRA do ano classifica Toledo com risco médio

Primeiro LIRA do ano classifica Toledo com risco médio

O procedimento e as orientações são os mesmas o ano todo. Mas uma parcela da população ainda é negligente quanto aos cuidados para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Zica Vírus e Chikungunya. A situação foi constatada após a divulgação do primeiro Levantamento de Índice Rápido para o Aedes aegypti (LIRA) do ano.

Toledo alcançou o índice de 3,8% de infestação. O levantamento foi realizado pela equipe de Endemias entre os dias 7 e 11 de janeiro de 2019. Por conta de chuvas no período, os trabalhos chegaram a ser reiniciados para atender a metodologia do Ministério da Saúde, porém tudo dentro do prazo estipulado.

Segundo o Coordenador de Endemias, Selidio Schmitt, “o Programa classificou o município como médio risco. O ideal é ficar abaixo de 1%. As frequentes chuvas seguidas do calor forte auxiliam na proliferação das larvas do mosquito. Esse é o período mais complicado do ano. Inclusive, é bem nessa época que as pessoas mais tiram férias e deixam os imóveis fechados ou recebem visitas e acabam esquecendo dos cuidados”, alertou.  

Situação crítica

Apesar do índice geral ter apontado 3,8% de infestação. Em alguns bairros a situação é bem preocupante. As regiões do Fachini (18,2%), Santa Clara I (15,7%) e Europa II (14,3%) são as mais críticas.

“Dificilmente encontramos as pessoas em casa no Fachini. Os números já são alarmantes nos imóveis que visitamos, então imagina os demais que podem ter vários criadouros do mosquito”, lamenta o Coordenador.

Selidio disse que é preciso contar com a colaboração da população para diminuirmos esses índices. Nessa época é normal a circulação de pessoas de outros municípios e até mesmo de outros estados na cidade, com isso aumenta o risco de circulação do vírus também.

“Todos os casos encontrados são de fácil remoção. Vasos de plantas, baldes, tonéis, bacias… Se o cidadão cuidar um pouquinho nós conseguiremos deixar o município sob controle”.

Caso confirmado

Nesta segunda-feira, 14, as equipes de Endemias estavam no Distrito de São Luiz do Oeste para realizar um bloqueio sanitário, pois na última sexta-feir, 11, foi confirmada uma pessoa com dengue na localidade.

O caso é importado. A pessoa esteve durante 15 dias em viagem para o Mato Grosso, onde contraiu a doença. Ela apresentou os sintomas, fez os exames em um laboratório particular e após o resultado a Vigilância Epidemiológica foi avisada que o caso era positivo.

Normalmente o procedimento nesses casos é realizar o bloqueio em um raio de 300 metros da residência da pessoa suspeita ou do caso confirmado. “Como o Distrito é pequeno, enviamos duas equipes para uma busca ativa em todos os imóveis. Se encontrarmos larvas do mosquito enviamos para análise. Além disso realizamos a pulverização com a bomba motorizada costal para eliminar um eventual mosquito que esteja contaminado ou que possa se contaminar ao picar uma pessoa com a doença”, explica.

Multas

No mês de dezembro foram lavradas várias multas em locais onde as pessoas já eram reincidentes. “Nós preferimos resolver tudo na base do diálogo e orientação, mas quando percebemos que mesmo após várias tentativas as pessoas não tomam os devidos cuidados, acabamos por usar da notificação para ver se obtemos um resultado diferente”.

As multas podem chegar até 20 URT’s e no caso de reincidência o valor é dobrado. Cada URT é equivalente a R$75,90.

Dados

Em 2018 foram notificados 116 casos suspeitos em Toledo. Destes, foram confirmados quatro importados e dois autóctones. Os demais foram negativos.

Já em 2019, nessas primeiras duas semanas, foram notificados três casos suspeitos, sendo confirmado um caso importado. Os outros dois aguardam resultado de exames.

 

 

PUBLICIDADE

Fonte: TOLEDO | CIDADE PORTAL | SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

Primeiro LIRA do ano classifica Toledo com risco médio
Primeiro LIRA do ano classifica Toledo com risco médio

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados. Jornalista Responsável - Jairo Tomazelli - 11632/PR - Welinton Tomazelli 11636/PR

Desenvolvido por Cidade Portal