Toledo, sábado, 25 de junho de 2022 ESCOLHA SUA CIDADE

Toledo

14/06/2022

Experiência de Toledo inspira microcrédito no Nordeste

Experiência de Toledo inspira microcrédito no Nordeste

Uma comitiva formada por cerca de 20 lideranças do poder público e da iniciativa de Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte foi recebida por representantes da administração municipal na tarde desta segunda-feira (13) na Sala de Reuniões do Gabinete do Prefeito. Em pauta, a experiência de Toledo relacionada ao repasse de recursos para a constituição de um fundo de aval para a Sociedade Garantidora de Crédito do Oeste do Paraná (SGC/Garantioeste) realizar operações de microcrédito com condições mais favoráveis de juros e prazos em favor de empresas de pequeno e médio porte em instituições conveniadas (Cresol Integração, Sicoob Meridional e Sicredi Progresso).

Essa iniciativa começou em 2015, quando o município fez o primeiro aporte, de R$ 125 mil. No ano passado, mais R$ 1 milhão foram destinados à Garantioeste, que também passou a ofertar microcrédito (no limite de R$ 25 mil por CNPJ) a agricultores familiares, e jovens e mulheres atendidos por programas de fomento ao empreendedorismo.

Considerando que para cada R$ 1,00 repassado à Garantioeste é multiplicado por dez, existem R$ 11,25 milhões de crédito barato na economia local - todos com garantia do poder público municipal em caso de inadimplência. “Só tenho a agradecer por terem confiado na gente, lá em 2014. Era uma novidade e o gestor de então, que é o mesmo de hoje, encarou os riscos que o ineditismo traz consigo e a ideia gerou muitos frutos. Foi bom para todas as partes, até para quem concedeu o empréstimo, pois menos de 1% das operações não foram honradas, um índice muito abaixo do registrado pelos bancos comerciais”, recorda o presidente da SGC Central, Augusto Sperotto. “Temos aqui em Toledo e em várias cidades da região uma experiência de microcrédito bem-sucedida porque o aval dado pelas prefeituras representa uma garantia sólida para as instituições que colocam em circulação um dinheiro que melhora vidas e a economia como um todo. Ficamos felizes em saber que vieram pessoas de tão longe para aprender com o nosso trabalho e fiquem certos que também vocês nos ensinarão muita coisa também”, salienta o ex-presidente e idealizador da Garantioeste, Edson Carollo.

A comitiva de lideranças nordestinas recebeu as saudações dos chefes dos poderes Executivo (prefeito Beto Lunitti) e Legislativo (presidente da Câmara, Leoclides Bisognin). “Pelos benefícios que proporciona, a Garantioeste não representa quase nada em termos de burocracia para o município. Aportamos os recursos e deixamos o resto com a sociedade garantidora e as instituições financeiras. Este sucesso é fruto da vontade política e da coragem que tivemos em enfrentar questionamentos de ordem legal vindos de órgãos de controle que não costumavam lidar à época com esta questão. Felizmente, hoje há jurisprudência para este repasse”, assegura Lunitti. “Existem diferenças culturais e econômicas entre as regiões Sul e Nordeste, o que não muda é esse jeito simpático e acolhedor que o brasileiro tem. Tanto lá quanto aqui o microcrédito impacta positivamente na economia, é o ‘empurrãozinho’ de que muitos negócios precisam para começar, expandir e gerar empregos. É o caminho pelo qual muitos sonhos se tornam realidade”, comenta Bisognin.

O anfitrião pediu para que os convidados fizessem uma breve apresentação e, na maioria das falas, estes teceram muitos elogios e falaram do interesse em replicar em suas cidades e estados as boas práticas que já são colocadas em prática em Toledo. “Fomos muito bem recebidos em Toledo, um lugar onde, a exemplo de outros municípios do Sul, se preza pela promoção de ambientes favoráveis para os negócios e queremos replicar esta experiência nas cidades de nosso estado”, observa a presidente da Associação Comercial da Paraíba (ACPB), Melca Farias. “O desenvolvimento é feito pelos empreendedores, mas é fundamental que poder público e iniciativa privada andem lado a lado e a atuação da sociedade garantidora de crédito neste município nos inspira no trabalho que desejamos fazer por todo o Nordeste”, pontua o presidente da SGC Nordeste, Antônio Andrade Irmão.

Durante o encontro, as lideranças paraibanas, pernambucanas e potiguares puderam tirar dúvidas sobre o fundo de aval oferecido pelo poder público municipal à SGC/Garantioeste. Em seguida, eles puderam levar as belezas de Toledo impressas nos exemplares da revista “Toledo em Fotos” e um conselho do prefeito Beto Lunitti. “A transformação da qual o Brasil precisa não virá de Brasília, mas dos municípios. Por isso, é importante que haja, do ponto de vista regional, uma relação de complementaridade entre eles e não de competitividade. Para muitas regiões do Nordeste, e no resto do país não é diferente, é preciso unir forças para superar desafios para os quais a maioria das prefeituras não tem condições de lidar sozinhas”, recomenda.

 

PUBLICIDADE

Fonte: TOLEDO | CIDADE PORTAL | PREFEITURA MUNICIPAL DE TOLEDO

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados. Jornalista Responsável - Jairo Tomazelli - 11632/PR - Welinton Tomazelli 11636/PR

Desenvolvido por Cidade Portal