Toledo, quarta-feira, 23 de junho de 2021 ESCOLHA SUA CIDADE

Toledo

07/06/2021

Toledo inicia mutirão para reduzir filas de espera em nove especialidades

Toledo inicia mutirão para reduzir filas de espera em nove especialidades

Reduzir e, em alguns casos, zerar a fila de espera para a realização de consultas e procedimentos em nove especialidades até o fim do ano. Esta é uma das principais metas da Secretaria de Saúde de Toledo (SMS) para 2021, que, por meio de mutirão, oferecerá atendimento a 11.805 pacientes que aguardam há bastante tempo por consultas com médicos oftalmologistas, ortopedistas, urologistas, angiologistas, endocrinologistas, cardiologistas, otorrinolaringologistas, dermatologistas e cirurgiões gerais - ações para as quais foram destinada a quantia de R$ 1 milhão do orçamento da pasta.

Para a organização deste mutirão, a SMS contará com a parceria do Consórcio Intermunicipal de Saúde Costa Oeste (Ciscopar), cuja sede servirá para a realização das consultas e procedimentos. Também poderão ser feitos outros em clínicas conveniadas ao consórcio e que manifestarem interesse em participar da iniciativa.

Em ofício circular encaminhado ao Ciscopar, a diretora da Rede de Atenção Especializada, Katheli Mayumi Hino do Nascimento, convida os médicos das referidas especialidades a participarem do mutirão. Aos que tiverem interesse em atender em suas clínicas, é necessário manifestar interesse respondendo ao Ofício Circular através do e-mail disponibilizado, onde deverão apresentar cronograma de consultas constando as datas e horários para consultas, bem como descrição dos procedimentos adotados quanto às normas sanitárias de prevenção à Covid-19. Tais informações também são necessárias aos profissionais que pretendem realizar as consultas médicas na sede do Ciscopar, as quais devem ser informadas à Diretoria Técnica em Saúde do órgão.

Katheli pontua que o critério para elegibilidade das consultas se deu em função da quantidade de pacientes na fila, tempo de espera e risco de agravamento da doença, e que a prioridade neste momento é reduzir as filas de espera para o primeiro atendimento. “O momento é realizar consultas com especialistas para que estes possam confirmar os diagnósticos alvo desses encaminhamentos, dando o seguimento adequado, conforme conduta médica. Investiremos recursos contínuos nesse projeto que, além de atendimento digno e célere, possamos instaurar um fluxo adequado na rede municipal, com os pacientes que participarem do mutirão recebendo uma contrarreferência para o seguimento do caso, exceto os que tiverem alta”, explica. “Solicitamos a todos os médicos participantes desse projeto para que mantenham um atendimento com garantia de qualidade e satisfação aos nossos pacientes. São pessoas que aguardam há anos pelo atendimento, e temos certeza que os profissionais envolvidos garantirão a qualidade que o SUS [Sistema Único de Saúde] tem potencial a oferecer”, salienta.

As especialidades

O mutirão para redução de filas foi iniciado em abril, com a realização de consultas de retorno de ortopedia e de cirurgias de catarata e pterígio. Em relação aos procedimentos oftalmológicos, recursos serão destinados para zerar a fila da cirurgia de catarata que havia até 21/04/2021 (410 pacientes) e para reduzir a espera daqueles que precisam fazer a remoção de pterígio - um total aproximado de 300 procedimentos para 155 pacientes que estavam aguardando até 31/12/2020. 

Ainda na área da oftalmologia, Toledo planeja realizar 535 consultas (média mensal, de junho a dezembro deste ano, de 76 atendimentos) que vai zerar a fila formada entre 16/10/2020 a 21/04/2021. Serão realizados ainda investimentos para diminuição das filas para consultas com:

• Ortopedista - atendimento para 3.523 pacientes (503/mês) que requisitaram procedimento entre 04/04/2019 e 31/12/2020;

• Urologista para 1.859 pessoas (265/mês) que entraram na fila entre 05/07/2017 e 31/12/2020;

• Angiologista para 1.423 pacientes (203/mês) que solicitaram atendimento especializado entre 02/02/2017 e 31/12/2019;

• Endocrinologia para 631 pessoas (90/mês) que requisitaram procedimento entre 23/01 e 31/12/2019;

• Cardiologia para 940 pacientes (134/mês) que entraram na fila entre 07/10/2019 e 30/12/2020;

• Cirurgia geral  para 561 pessoas (80/mês) que estavam esperando procedimento até 21/04/2021.

A depender do interesse de profissionais, há a possibilidade de estender o mutirão para consultas com otorrinolaringologista e dermatologista, nestes termos:

• Otorrinolaringologia para 861 pacientes (123/mês) que requisitaram procedimento entre 16/12/2019 e 30/12/2020;

• Dermatologista  para 907 pessoas (129/mês) que entraram na fila entre 16/10/2019 e 30/12/2020.

 

Fonte: TOLEDO | CIDADE PORTAL | PREFEITURA MUNICIPAL DE TOLEDO

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados. Jornalista Responsável - Jairo Tomazelli - 11632/PR - Welinton Tomazelli 11636/PR

Desenvolvido por Cidade Portal