Toledo, quinta-feira, 26 de novembro de 2020 ESCOLHA SUA CIDADE

Toledo

14/11/2020

Toledo segue em Alerta Amarelo para Covid-19, cuidados precisam continuar

Toledo segue em Alerta Amarelo para Covid-19, cuidados precisam continuar

O Centro de Operações Emergenciais (COE) de Toledo divulgou, em reunião realizada na tarde desta terça-feira (10), a manutenção do Alerta Amarelo em relação à Covid-19 em Toledo. A orientação, dada pela quinta semana consecutiva, está em conformidade com a matriz de risco criada pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e pelo Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), segundo a qual o município está com nove pontos numa escala que vai de 0 a 40, no limite da classificação “risco baixo” (entre 1 e 9 pontos).

Um dos fatores que fizeram o município manter-se no mesmo patamar epidemiológico foi a estabilidade no número de novos casos na semana 45, o mesmo do período anterior (87). O número de pacientes ativos, contudo, registrou aumento de 13,64% (76 em 31 de outubro para 88 em 7 de outubro) - a taxa de recuperação permanece, com pequenas oscilações, no patamar de 97%.

A notícia boa vem dos hospitais Bom Jesus (Toledo) e Moacir Micheletto (Assis Chateaubriand), responsáveis pelo serviço de internamento, via Sistema Único de Saúde (SUS), em unidade de terapia intensiva (UTI) e em enfermaria de pacientes com quadro confirmado ou suspeito de Covid-19 na área da 20ª Regional de Saúde. A ocupação média dos leitos entre 1 e 7 de outubro foi de 33,08%, redução de 31,25% em comparação ao período anterior (48,12%).

Fatores e cuidados

Esta matriz de risco se baseia em seis critérios: taxa de ocupação de leitos de unidade de terapia intensiva [UTI] para adultos por síndrome respiratória aguda grave [SRAG], taxa de ocupação de leitos de enfermaria adulto por SRAG, previsão de esgotamento de leitos de UTI, variação do número de óbitos por SRAG nos últimos 14 dias, variação no número de casos de SRAG nos últimos 14 dias e taxa de positividade para Covid-19. Destes, dois encontram-se zerados e em quatro Toledo ainda pontua: 3 se referem à taxa de ocupação de leitos de UTI para adultos com SRAG (entre 25% e 50%), 2 em relação à taxa de positividade para Covid-19 (entre 15% e 30%), 2 na variação do número de óbitos por SRAG nos últimos 14 dias (redução inferior a 5% a aumento inferior a 5%) e 2 na variação do número de casos de SRAG nos últimos 14 dias (redução inferior a 5% a aumento inferior a 5%).

Mesmo com o quadro epidemiológico ainda sob controle, é fundamental que os cuidados tomados desde o início da pandemia continuem. “Quase entramos numa situação de Alerta Laranja e, por isso, dizemos que ainda não está na hora de fazer aglomerações e devemos continuar usando máscara do jeito certo ao sair de casa. Várias vezes ao dia é recomendada a higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel”, aconselha o integrante da comissão técnica do COE, o médico Fernando Pedrotti.

Outro ponto que deve ser levado em conta é a rapidez na busca por assistência médica assim que surgirem sintomas de síndrome gripal (febre, dor de garganta, tosse e falta de ar, por exemplo) ou perda de olfato ou paladar, característica típica da Covid-19. Com o retorno às atividades normais nas “unidades-sentinela” dos bairros Cosmos, Panorama e Santa Clara, o serviço está concentrado agora no PAM (pacientes com mais de 12 anos de idade) e na UPA (crianças). “Pacientes com sinais que sugerem infecção pelo novo coronavírus que procuram atendimento de maneira rápida conseguem diminuir a chance de o quadro se agravar, o qual pode evoluir para internações e óbitos”, alerta Pedrotti.

 

PUBLICIDADE

Fonte: TOLEDO | CIDADE PORTAL | PREFEITURA MUNICIPAL DE TOLEDO

OPINE!

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização. © 2017. Todos direitos reservados. Jornalista Responsável - Jairo Tomazelli - 11632/PR - Welinton Tomazelli 11636/PR

Desenvolvido por Cidade Portal